Resultados
24/10/2010 - RICARDO NISHIZAKI ALCANÇA A SUA MELHOR MARCA NA MARATONA DE BILBAO !!

No dia 24 de Outubro (Domingo), o nosso super atleta Ricardo Nishizaki participou da Maratona de Bilbao na Espanha.

Ele fechou a prova em 3h52'50" alcançando a sua melhor marca na distância.

Acompanhem abaixo o seu relato sobre a prova (relato bem no estilo Nishizaki...rsrsrrs...):

"Comentários: Bilbao, a terra onde as pessaos falam uma lingua incompreensivel. E um espanhol no sotaque, mas as palavras sao ineditas e tem txi e txo o tempo inteiro! Os bascos tambem nao sao o povo mais simpatico do mundo, para nao falar antipaticos. Secos, nao fazem questao nenhuma de interagir com um cara que e obviamente estrangeiro como eu. Puxar assunto? De jeito nenhum. Sorriso tambem e algo bem raro por aqui... mas a cidade e moderna, interessante, e bastante facil de se entender: um rio, um casco viejo e a cidade ao redor. A rua mais importante se chama Diego Lopez, mas felizmente todo mundo prefere chama-la de Gran Via.

Bom, eu nao vi praticamente nenhuma agitacao na cidade por causa da prova, a feirinha era uma merda, mas na hora da largada, 9h00 da noite no Guggenheim, tinha bastante gente. A largada teve um atraso de uns 15 minutos, mas saiu com uma bela queima de fogos. Todos largaram juntos, entao eu nao sabia quem era da meia, quem era da maratona, mas mesmo assim nao passava de umas 2.000 pessoas.

O clima tava otimo. Sem sol, porque era noite (duh!), mas com uma temperatura boa, nao muito fria, uns 15 graus. Sai so para terminar a prova, mas logo tava correndo facil a 5min20/km, apos uma largada meio apertada. A prova era composta de duas voltas de 21,1km, e a gente passou diversas vezes, indo e voltando, no Guggenheim. O trecho mais complicado era quando a gente saia da cidade, na beira do rio e ia ate uma cidade proxima, num trecho bem deserto e sem apoio popular. Porque na cidade era gente aplaudindo o tempo inteiro, ainda que de cara meio fechada... na hora eu nao entendi, mas achei meio estranho o fato de os caras gritarem "benga" o tempo inteiro. Sei lá, gosta quem quer, mas nao e a minha praia. Depois é que percebi que era "venga", com a tradicional incapacidade dos hispano-falantes em pronunciar o "v".

Um coisa meio bizarra foi o fato de ter um corredor peladao na prova. Absolutamente pelado, exceto tenis e o número da prova pendurando por um cordao. Benga pra ele... e o cara tava a uns 4 minutos dos quenianos no quilometro 18, ou seja, o cara era bom. Um outro fato foi eu ter ficado na frente do homem-aranha... nao é todo dia que a gente supera um superheroi... bom, na prova em si, passei a meia com 1h54m e tava sobrando. O pessoal das 3h45 estava a uns 6 minutos na minha frente e eu achei que dava pra buscar. Fui tirando, tirando, mas no 28 senti a panturrilha dar aquela piscada de caimbra. Nao sou um cara que costuma ter caimbra, entao sei que quando elas aparecem, o bicho pega. Diminui para 5min30/km e comecei a administrar as 3h50. Mas no 34 apertou de novo e no 37 tive que parar para alongar. A partir dai nao consegui passar dos 6min/km, correndo com a perna dura pra nao esticar a musculatura. E passei a administrar o meu recorde pessoal... que veio com 3h52h50.

Cheguei sobrando de pulmao, coracao tranquilo e nunca fiquei tao pouco dolorido apos uma maratona como nesta. Yeah!


Vídeos

15/11/2013 - BRIEF MARATONA MIZUNO UPHILL
12/11/2013 - TRILHA x ASFALTO
20/05/2013 - COMPLEMENTOS DA CORRIDA: NATAÇÃO
27/04/2013 - DESAFIO COACHES PHARMATON 2013
15/05/2013 - DESAFIO PHARMATON 2012

Apoios


Atenção Atletas !!

Momentos 2016

  

Roma Comunicação