Resultados
25/05/2008 - GISELE E NAGA COMPLETAM A MARATONA DE SAN MICHEL !!

No dia 24 de Maio (Sábado), o casal Gisele Souza e Maurício Nagahama, realizaram a Maratona de San Michel na França. Com paisagens cinematográficas e percurso bem duro, os nossos atletas conseguiram completar a prova em 4hs16´30".

Acompanhem abaixo o relato dos dois atletas:

* MAURÍCIO NAGAHAMA

Olá Galera !!! Sobrevivi !!! hahahaha Falam que a 1a maratona a gente nunca esquece (Chicago ....) .... eu também não esquecerei a segunda .... hahahahaha Que susto ..... falava em inglês e francês e sofria em português !!! hahahahaha Quebrei no km 32 !!! Sofri muito nos últimos 10km´s !!!

No início foi só alegria ... apesar do frio, chuva e vento ... 5:30' - 5:45' por km .... 21km em 2h ... 30 em 3h ... A prova foi TDB ... como estávamos com as cores do Brasil a galera gritava "Allez Brésil !!! Allez Gisele !!! Allez Maurice !!!" .... e dá-lhe ritmo !!! Chegamos a "puxar" um grupo de corredores, carregava a água para nós dois, abria o gel, .......... mas depois .....

Quase pedi para o meu Amor me carregar ... hahahaha Ela não percebeu mas eu cheguei arrastando o pé esquerdo ... mas eu disse somente no dia seguinte ... hahahaha

Cheguei a levantar o pé para retirarem o chip, cheguei a colocar a medalha no peito do meu Amor, cheguei a pegar a capa plástica, .... mas na descida para o salão onde ofereciam bebidas, comidas, massagens, .... comecei a sentir fortes dores nas pernas e o corpo começou a "formigar" .... hahaha. Fiquei escorado no ombro do meu Amor e apoiei a mão no ombro de outro corredor .... mas não conseguia mais ficar de pé !!!

Bom, depois veio a maca, ..... E dá-lhe massagem ... dois profissionais ... um em cada perna ... deveriam ter colocado 4 !!! dois para as panturrilhas e dois para as coxas ... .hahahaha

E eu pensando ... nossa, acho que posso correr no máximo 21km .... puxa, mas os treinos foram bons ... estava preparado ... mas .... E nada da cãimbra passar .... 30 minutos e a dor aumentando .... comecei a gemer mais alto e apareceu o chefe da equipe médica ... comentei que não estava aguentando e ele aplicou um sedativo ... eu perguntei quanto tempo levaria ... e ele comentou que seria algo em torno de 10 minutos ... foram os 10 minutos mais longos da minha vida !!! Mas depois .. que "barato" gostoso !!! hahahaha Deu uma fome e um soninho ... hahahaha

Bom, o resto vocês já sabem .... Mas ontem já comecei a pensar .. quando correrei a próxima ? hahahahaha Lessons learned !!!

GISELE SOUZA Olá a todos!

Só agora estou conseguindo sentar em frente ao computador e por os emails em dia!

Em primeiro lugar parabéns as nossas heroínas de POA! Sempre acreditamos em vocês e como resposta está ai o resultado de todas!!!

Bia sempre guerreira e determinada, se não fosse a La Ninha em Chicago tenho certeza que essa seria a sua segunda melhor maratona!

Nova York é um sonho inesquecível independente do tempo da prova, portanto Helio não se preocupe! Day vc é a nossa inspiração, é o nosso gás, quando pensamos em desistir lá no fundo da mente vem: A Day sempre continua a correr a nadar e a pedalar...e isso nos move! Não recebi nenhum email da Alê ela está bem?

Chile ainda bem que vc voltou a correr não vejo a hora de corrermos todos juntos como sempre foi antes dos treinos longos! Bom vamos lá a nossa aventura pelo país da França!

Turma completei sabado passado a minha quarta maratona, e digo FOI A PROVA MAIS DIFICIL QUE JÁ CORRI NA MINHA VIDA, confesso que não senti em Chicago a dificuldade dessa prova... eu e o Naga largamos juntos e terminamos em 4:16hs liquido e bruto 4:20hs. A região é cinematográfica, cada lugar, cada vilarejo medieval, e as pessoas então pareciam de filme.

Na véspera participamos do jogging des remparts que foi uma corrida pela cidade de Saint Malo de 5 ou 6 km, escolhemos é lógico a de 5km, muito legal e bonito, as bandeiras, os corredores com as familias, na verdade parecia mais uma confraternização familiar, filhos, esposa, maridos todos correndo e caminhando por esse percusso que logo no primeiro km entrou na areia da praia e parecia aquela areia fofa de Floripa, eu e o Naga paravamos o tempo todo para tirarmos fotos.

Da praia o percusso entrava na cidade e numa região chamada de ENTRE MUROS que são aquelas fortalezas de antigamente onde a cidade ficava protegida por uma muralha de aproximadamente 12 a 15m de altura. Gente e que cidade, nossa é apaixonante, todas as casas feitas de pedra, o mar batendo na muralha, um verdadeiro sonho.

Depois da corridinha todos foram para um grande jantar de massas, eu e o Naga achavamos que fosse uma macaroroba mas que nada, uma delicia o prato, com direito a queijo camembert, torta de maçã, salada e vinho. O vinho é claro , deixamos pra depois da maratona...E pelo que observamos os corredores declinaram quanto ao vinho, os parentes e torcedores sim degustaram do bom vinho.

Ahh e como eramos os únicos brasileiros, os reporteres nos acompanhavam o tempo todo, o Naga dava altas entrevistas rsrs!!! Dia "D" sabado, chuva o dia todo, chuva forte, hora da largada todos encharcados, o tenis pesava, e a chuva e o vento não paravam. Corremos mais de 30km sobre chuva e vento contra de frente e de lado. Gente e como sobe essa prova, no começo ela lembra o trecho se não me engano 3 de Floripa um sobe e desce sem fim, depois só subida, o tempo todo, o pior foi quando entramos no km22 e fomos até o km25 em puro barro, barro mesmo gente, eu terminei a prova que não dava pra enxergar as minhas pernocas, elas estavam cinzas de barrão!!!

Mas eu e o Naga lá firmes e fortes estavamos nos sentindo bem, apesar do esforço e das condições anormais estavamos bem. Do km 25 em diante era estradinha asfaltada no meio de uma paisagem sem igual, o único problema é que só subimos desde o 22 até os 42km. Em um momento eu falei eles não falaram a verdade no perfil da prova, e depois da chegada descobrimos que eles realmente omitiram o grau de dificuldade da mesma, tanto é que a prova é feita para 5000 corredores mas apenas aproximadamente 3558 se atrevem a corre-la. Turma a nossa maratona foi além. O percusso todo por onde passavamos pelos vilarejos as pessoas saiam as ruas debaixo da chuva para gritar CORRAGEM MADEMOISELE, BRAVO!!! E na chegada eram salvas de palmas por mais de 3km antes da chegada. Depois que cruzamos a linha de chegada o Naga passou mal, ele teve fortes dores musculares e queda de pressão, cruzamos a linha e em seguida ele foi colocado na maca e levado para a área de atendimento médico, lá ele permaneceu recebendo soro com remédio para dor e massagens até as 11:00hs da noite, e foi transferido via ambulância para a cidade onde estavamos. Eu fiquei lá com ele morta de cansada, com frio, e tb tive que ser acolhida pelos médicos depois de 1:30hs de espera na organização. Como fiquei do lado de fora da entrada dessa área médica na prova, eu vi coisas que jamais imaginei ver, atletas chegando completamente paralisados, outros vomitando sem parar, outros ensanguentados, nossa... ai né a minha pressão caiuuuuuu...rsrsrs e os dois brasileiros passaram a ocupar as macas dos médicos!

O meu foi rápido só um período de recuperação, me deram uma barra de açucar que gente até agora ela está na boca...rsrsr e tb tive aquecimento do corpo o que me ajudou e muito para a maratona que tinha que enfrentar com o meu marido.

Ele passou a noite no hospital, devido ao resultado do exame de sangue que devido ao esforço da prova o corpo produziu toxinas prejudiciais aos rins, e o travamento da musculatura eles acham que foi desidratação. E olha que bebemos água por todo o percusso. Bom eu só consegui ir para o hotel as 3:00hs da madrugada, pois aqui eles não permitem acompanhantes dormir no quarto. Sem falar a lingua, sem entender ao certo o que estava acontecendo, não dormi nada apenas 3:00hs . Graças a Deus o Naga estava bem e teve alta por volta das 10:30hs da manhã. Estamos em Paris e o meu amor já está firme e forte no trabalho, andando meio tortinho mas bem!!!rsrsrs E eu não sei se foi por causa da tensão não senti absolutamente nenhuma dor muscular, pra falar a verdade hoje estou sentindo um pouquinho, é a ficha demorando a cair depois do acontecido. Bom aqui a estação é primavera e logo será o verão, o sol não se põe a noite só escurece por volta das 11:00hs da noite. Perdemos completamente a noção do tempo, a diferença de 5horas para o Brasil dá um nó na cabecinha! Obrigada a todos que fizeram pensamentos positivos para nós. Amamos fazer mais essa maratona apesar da dificuldade da prova, e estamos recompensados pelo bom resultado que obtivemos. Nos jornais locais o record de tempo da maratona não foi quebrado nem chegou perto, e a declaração é a chuva e o vento que atrapalharam a performance dos melhores atletas. Como aprendizado, eu digo temos que estar preparados para qualquer situação, calor demais, chuva forte e vento, são fatores que não dominamos e temos que saber administrar isso no grande dia. Beijos a todos Até a próxima semana pois agora estou em lua de melllllll!!!!!!!!! Gi

Vídeos

15/11/2013 - BRIEF MARATONA MIZUNO UPHILL
12/11/2013 - TRILHA x ASFALTO
20/05/2013 - COMPLEMENTOS DA CORRIDA: NATAÇÃO
27/04/2013 - DESAFIO COACHES PHARMATON 2013
15/05/2013 - DESAFIO PHARMATON 2012

Apoios


Atenção Atletas !!

Momentos 2016

  

Roma Comunicação